Os benefícios da Dança do Ventre

beneficios-danca

A Dança do Ventre faz barriga, as dançarinas são sempre cheinhas e vários outros mitos estão relacionados com esta dança, contudo, a verdade é que nada disso é verdade e a Dança do Ventre só tem benefícios! 

O que sabe sobre a Dança do Ventre para além de ver lindas mulheres, bem arranjadas e com roupas que, por vezes, mostram a barriga?

Provavelmente já deve ter ouvido absurdos como “a dança aumenta a barriga” ou “só as gordinhas a praticam”, mas a beleza da dança está exatamente nesse ponto: a prática faz com que a bailarina se sinta feliz com o corpo que tem, aprende a valorizar-se e isso influencia de forma muito significativa a sua autoestima, por isso não tenha vergonha de se mostrar. 

Culturalmente, a mulher árabe sabe bem destas coisas. Ela é educada a valorizar-se com adornos, está sempre muito bem maquiada e usa acessórios como ninguém. Esta cultura foi transportada para a dança oriental, e é por esse motivo que a bailarina cuida da sua imagem com o mesmo primor com que cuida dos gestos, das técnicas e dos passos de dança. 

Além da exaltação da beleza e a saúde da autoestima, a Dança do Ventre traz outros benefícios para a mulher que o pratica. A jornalista, pesquisadora e professora de danças orientais Patrícia Bencardini relaciona todos eles no livro Dança do Ventre – Ciência e Arte, da Editora Baraúna. Sob a orientação do professor de Anatomia e Fisiologia da Unifesp, Raul Santo de Oliveira, ele próprio um pesquisador que vai a fundo no tema da Dança do Ventre, a autora conta a conclusão de anos de pesquisa sobre o tema.

Entre os muitos benefícios da Dança do Ventre citados por Patrícia Bencardini, estão: 

  1. -Protege o coração
  2. -Melhora a postura e a coluna 
  3. -Modela a cintura 
  4. -Estimula funções ovarianas 
  5. -Alivia cólicas menstruais 
  6. -Prepara a mulher para a gravidez e parto 
  7. -Flexibilidade 
  8. -Autoconhecimento

Outra vantagem desta dança é de não estar ligada ao estigma do corpo “fitness”, como é habitual noutras práticas desportivas. Aliás, a Dança do Ventre é um ritual sagrado, tem a ver com a mulher, a fertilidade e a sua feminilidade. Por isso, as praticantes acabam por adotar toda uma filosofia que vai além do exercício físico. 

Um artigo da Unifesp, cujos estudos são comandados por Raul Santo de Oliveira, reforça a pesquisa de Patrícia Bencardini. Segundo ele, a prática de Dança do Ventre desenvolve a leveza dos movimentos, melhora a postura, desperta a sensualidade e traz benefícios gerais para a saúde. Os movimentos circulares e espirais dos quadris irrigam a região pélvica e estimulam sete músculos abdominais, melhorando o funcionamento do aparelho digestivo, diminuindo as cólicas.   

A Dança do Ventre, revela claramente o que é ser mulher. Além dos movimentos delicados das mãos e do corpo inteiro, ela aflora uma força que vem de dentro, do ventre mesmo. Não tem idade para ser praticada, a dança é ótima para senhoras, provocando integração e desinibição.


Artigos relacionados:

6 motivos para fazer aulas de dança do ventre

10 músicas que todas as bailarinas de Dança do Ventre deveriam conhecer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *